O papel de um trader é movimentar dinheiro no mercado financeiro. Seu objetivo é lucrar com operações de curto prazo, beneficiando-se do desbalanceamento do mercado.

Basicamente, ele busca ganhos financeiros realizando a compra e a venda de ações ou outros ativos negociados em Bolsa. São exemplos desses ativos: títulos, moedas estrangeiras, commodities, índices e até mesmo contratos de derivativos.

No caso da OneWay, por exemplo, trabalhamos com DayTrading. Essa modalidade de operação inclui a compra e a venda de contratos do índice futuro, que é um derivativo do Índice Bovespa (IBOV). O IBOV é uma carteira teórica composta pelas ações de maior liquidez da bolsa brasileira, muito utilizado como uma referência da “temperatura” do mercado de títulos. 

Método de atuação do trader

O trader visa sempre operações de curto período de tempo. Ele é o profissional que abre e fecha uma posição dentro do mesmo dia para evitar os efeitos negativos de notícias, anúncios de lucros, lançamento de novas políticas, entre outros. Esse tipo de ocorrência, quando ocorre durante a noite, poderia impactar negativamente operações não encerradas no mesmo dia.

Hoje, alguns fatores fortalecem ainda mais essa carreira no mercado financeiro. Entre eles, podemos destacar: o aumento da volatilidade no Brasil nos últimos anos, a evolução das ferramentas utilizadas e até mesmo a criação de novos produtos financeiros. Juntos, esses elementos possibilitaram um forte aumento nos ganhos desse profissional.

Apesar de ser uma profissão “abominada” por muitos – em especial os mais leigos em finanças, o trader é fundamental para o funcionamento do mercado, pois ele é quem ajuda a “precificar” os ativos no curto prazo, além de dar fluidez ao mercado. Ficou alguma dúvida sobre o que é ser trader? Manda nos comentários a sua pergunta e a gente te responde.

Recommended Posts